quarta-feira, 31 de janeiro de 2007

STOMP


Domingo fui ver os STOMP no casino de Lisboa. Viu-os há uns anos atrás, e tenho a dizer que estão muito melhores. Dão mais ênfase à comédia, havendo mesmo um bobo da corte, e há uma maior interacção com o público.
Fiquei admirada pelo público lisboeta ter interagido daquela maneira (é que eles são mais tímidos que os tripeiros).
Um espectáculo a não perder.
Ainda vão estar em Lisboa até dia 25Fev e no Porto de 28Fev a 04Mar. Para comprar os bilhetes, ir aqui: http://www.ticketline.pt/

* 1 nota negativa - o casino de Lisboa. Não tem nada a ver com o casino da Póvoa (este último tem mais glamour).
* 1 nota positiva - a casa das bifanas na Rua Portas de Sto. Antão.

sexta-feira, 26 de janeiro de 2007

Intoxicação

Dizem os cientistas que as feromonas são sustâncias químicas produzidas pelas glândulas sexuais de alguns animais, espécie humana incluída, para atrair um indivíduo de outro sexo.
Pergunta: e aquelas pessoas que passam a vida a apaixonar-se, com tantos químicos à solta, não correrão o risco de sofrerem algum dia de intoxicação química?

terça-feira, 23 de janeiro de 2007

Singles II


Aqui à tempos em "conversa" com o Tacitus, falava-se da dificuldade de conhecer pessoas interessantes. Será assim tão difícil?
Deixo aqui a opinião que deixei na altura: ao passearmos no shopping ou na rua, quantas pessoas estão sozinhas, isoladas no seu mundo, a comer ou a vaguear pelos corredores...Refugiamo-nos na Net, se calhar por ser mais fácil dar a cara no anonimato, por ser mais fácil conversar, com a consequência de estarmos cada vez mais fechados no nosso canto, fechados para o mundo à nossa volta.
Depois na nossa vida real não conseguimos interagir com essas pessoas, que sozinhas, cruzam o nosso caminho.
Vamos perdendo a nossa capacidade de comunicar, perdendo a capacidade de dizer Olá...

terça-feira, 16 de janeiro de 2007

Singles I

Os solteiros, e descomprometidos, há alguns anos que andam a ser discriminados . Senão vejam:
Quando olho em volta, vejo os amigo/as e colegas a casarem-se e a terem filhos. Então lá vem o jantar de despedida de solteira, os "Parabéns. Sei que te vais casar", depois o casamento e uma lembrança.
Lá se lembram depois de terem filhos; mais uma lembrança, e mais pancadinhas nas costas, e fora os postais que por aí existem com felicitações pelo casamento e pela chegada da cegonha...

E eu que sou solteira? O que recebo? Nada...nem uma mera felicitaçãozita por este meu estado de alma. Quando recebo pancadinhas nas costas ou um postal a felicitar-me por ser solteira?
Já para nem falar que até no supermercado sou prejudicada: ele é latas de grão tamanho familiar, é frascos de polpa de tomate enormes que dá-me para resmas de meses...enfim.
Vamo-nos juntar todos e convocar um referendo para proclamar um Dia do Solteiro!

terça-feira, 9 de janeiro de 2007

Aura







Fotografias Kirlian

O negro caminho, mais negro do que o Poço de Poe
Ladeado pelas três Fúrias, implacáveis no seu labor,
Apenas trespassado por uma ínfima luz,
Da aura de algo que brilha lá longe
No horizonte longíquo.

quarta-feira, 3 de janeiro de 2007

2007



Querem-nos mesmo pôr a todos de olhos em bico. É ver por aí os outdoors da Swatch, a incentivar a comemoração do Ano do Porco.
Os chinas andam mesmo a invadir tudo....
Mas o que é isso do Ano do Porco?
Segundo uma antiga lenda chinesa, Buda convidou todos os animais da criação para uma festa de Ano Novo, prometendo uma surpresa a cada um dos presentes. Apenas 12 animais compareceram e ganharam um ano de acordo com a ordem de chegada: o Rato; O Boi ou Búfalo; o Togre; O Coelho; o Dragão; a Cobra ou Serpente; o Cavalo; a Cabra ; o Galo; o Macaco; o Cão; o Porco. O Cavalo de Fogo rege a cada 60 anos. Segundo o horóscopo chinês, em 18 de Fevereiro de 2007 tem início o ano do Porco.

E pelos vistos há o favorecimento dos valores ligados à família e ao lar, a expansão, o prazer, o movimento e a generosidade. Será um período de mudanças no poder e favorecimento a grande ajuda aos necessitados.

À parte a chinesomania, 2007 vai ser um ano fértil em eventos para comemorar; vai-se assinalar os 200 anos da 1ª invasão francesa, de Junot, os 100 anos da criação dos escuteiros, os 50 do Tratado de Roma que criou a CEE e do aparecimento da televisão em Portugal, ou ainda os 50 anos do Sputnik e da criação da pina colada.

Assinala-se ainda os 500 anos da colonização portuguesa em Moçambique, os 250 anos dos motins dos vinhateiros do Alto Douro contra Pombal ou os 700 anos da 1ª sexta-feira 13, quando a 13 de Outubro de 1307 foram presos e depois extintos os Templários; os 300 anos da união entre Escócia e Inglaterra, os 60 da independência da India.

My paradise