segunda-feira, 13 de julho de 2009

Loucas são as noites que passo sem dormir...

Um silêncio denso, quase palpável, não me deixa adormecer;
Percorro as ruas nuas e desertas da cidade, autênticas montras de trapos humanos.
Entro na discoteca da moda. Os megawatts debitados através das colunas, sucedem-se...
Os corpos suados roçam-se uns dos outros, libertando a líbido adormecida.

Cruzam-se olhares e seduções, a dança dos corpos em breve começa,
Cansando-se até de madrugada, separando-se anonimamente...
Chego a casa, a agulha penetra-me nas veias,
Abandono-me ao torpor...

3 comentários:

  1. sempre misteriosa...

    ResponderEliminar
  2. Só posso dizer-te que a música é espectacular, apesar de já a conhecer. Quanto ao texto... o costume da MM

    ResponderEliminar
  3. O título recorda uma canção. Já o texto...

    Grande abraço do regressado de férias, ainda em ressaca das mesmas :):)

    ResponderEliminar

The summer is gone III