quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Feliz 2010


É nesta altura que se faz balanços, e eu não podia faltar à regra. 2009 foi um ano muito positivo para mim, um ano de mudanças, e de grandes mudanças...
Mudei a nível profissional para um sítio onde se sabe o que se faz, e onde os neurónios trabalham mais um pouco. Foi pena ter deixado os meus antigos colegas, mas é com orgulho que posso chamar alguns de meus amigos, amigos verdadeiros, e é com a distância que se vê quem eles são.
A nível pessoal voltei a estudar, o que me tem dado algum trabalho e pânico, pois a época de exames está-se a aproximar e já estou a entrar em paranóia.

Bom ano de 2010, e que seja pelo menos tão bom, como foi o meu 2009!!
Um abraço a todos!

sábado, 26 de dezembro de 2009

Carpe Diem

Nestes dias em que descansamos do rebuliço das compras natalícias, em que estamos juntos com quem mais gostamos,e o tempo convida a um certo recolhimento,vale a pena pensar se vale a pena corrermos tanto em redor do superficial, em vez de ligarmos ao coração...

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Menino não entra

Hoje foi o dia das meninas...depois de conversas sobre gajos, atracções e sexo, lasanha e chá, trabalhou-se e muito. De vez em quando, para descansar, o trabalho era interrompido para mais conversa sobre gajos, e depois de volta ao trabalho, gajos, trabalho...
O trabalho correu lindamente e está quase concluído. Finalmente, um dia frutífero.

domingo, 29 de novembro de 2009

Desperdício...

Mais um fim de semana se passou, e eu sem fazer nada. Chega Domingo à noite e eu fico arrependida de ter desperdiçado tanto tempo...

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

domingo, 15 de novembro de 2009

He's everywhere...

"Não há pedra em que não se dê um pontapé, casinhas, processos na área do ambiente quando ele foi secretário de Estado ou ministro, Freeport, negócios ligados ao controlo da comunicação social, Face Oculta, em que Sócrates não apareça."

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Crucifixo

Imagem retirada daqui

Fernanda Câncio veio hoje na sua coluna do DN falar sobre os crucifixos nas escolas, a decisão do Tribunal Europeu contra a Itália e conotando a implementação dos crucifixos com ideologias fascistas...

O Estado é (ou deveria ser laico), e já nem vou falar em como as posições oficiais da Igreja influenciam o sentido da opinião pública em temas controversos como o aborto, a eutanásia ou a homossexualidade. Vou sim falar do seguinte: segundo a sentença do Tribunal Europeu um Estado deve "abster-se de impor, mesmo indirectamente, crenças, nos lugares em que as pessoas estão deles dependentes ou ainda naqueles em que as pessoas são particularmente vulneráveis", porquê que um dos pontos de rejeição da Turquia à entrada na UE foi precisamente a religião?

E o que dizer do uso da burka em países como a França ou Inglaterra? Uns poderão considerar isso liberdade religiosa; eu vejo como uma negação aos padrões culturais europeus...
Com toda esta história do politicamente correcto e de não se querer ofender as outras religiões, os europeus estão a perder a sua identidade...
Qualquer dia nem o Natal podemos celebrar com medo de ofender alguém...

domingo, 1 de novembro de 2009

Palco


Imagem retirada daqui

O espectáculo acabou,
Os aplausos cessaram e a cortina se fechou,
Jazo agora inerte no chão,
Incapaz de enfrentar o real,
Preferindo viver a ilusão...

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Onde estás

Tento ver-te por entre as linhas dos livros que não li,
Procuro-te por entre os sonhos que não vivi,
Correndo ao teu encontro, sem nunca te conseguir alcançar,
Procuro-te por entre o fundo de um copo que teima em nunca vazar,
Procuro-te em corpos familiarmente desconhecidos,
Procuro-te por entre os meus maiores temores destemidos...

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Pantera Cor de Rosa


A partir de 17 de Outubro, com o jornal Público, a Pantera volta a atacar...e eu vou ser uma das suas vítimas.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Pecado

Palavra Pecado no Palavra Puxa Palavra

Pecar? Não pecar?
E o que é o pecar?
Convenções moralistas instituídas por uma sociedade hipócrita...
Mas sem pecado, muitas coisas "más" que fazemos não dariam tanto tesão...

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Time

Agora que o tempo está limitado, os minutos ganham uma importância desmesurada...
Espero pelo fim de semana para descansar. É sempre muito curto, para 2ª feira retomar de novo.
Isto de me ter metido num Mestrado começa a doer, e estou apenas no inicio.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Caminhada


Estou com um nózinho no estômago:
Amanhã começa uma nova fase, e uma nova caminhada...
Sabe bem quebrar a rotina e rumar ao desconhecido...

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Asfixia...

A democracia portuguesa está a asfixiar...
Concorde-se ou não com o seu estilo, o Jornal de 6ªF na TVI era uma referência e trouxe a lume notícias, que provavelmente passariam despercebidas se não existisse.
Portugal ficou mais pobre...
E goste-se ou não do sensacionalismo deste jornal, e da parcialidade da sua apresentadora, é caso para dizer "Posso não concordar com o que dizes, mas lutarei para que o possas dizer".

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Mito urbano


Nesta semana o jornal i fazia menção a este livro, livro esse que eu pensava se tratar dum mito urbano. Já tinha ouvido falar dele algures, mas nunca o tinha visto. Mas afinal o livro existe, mesmo contra a vontade do denominado papá da democracia, o livro existe mesmo,. O jornal i tem o link para se fazer o download, mas dá erro. Assim, para quem quiser, está aqui um outro sítio para o sacar.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Poor is the man...




...whose pleasures depends on the perm
itission of another

Cabedal, chicote, velas, saltos agulha, palmadas, dominação, subjugação...
Dentro do mais profundo eu, lá bem escondida, reina uma dominatrix...
Pena é que tenha de pedir autorização à moral hipócrita para sair cá para fora...

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Amália Hoje - A Gaivota



Amanhã, por volta das 22h00, vão actuar na Marginal de Matosinhos. Entrada livre.
Será postada uma adenda no dia seguinte com as impressões deste concerto.

ADENDA: O concerto foi um verdadeiro espectáculo, e os "Amália" estiveram muito bem!! Supreeendeu-me a quantidade de gente que assistia a este concerto...a maré subiu até à marginal, e esta estava invadida por um mar de gente, gente de todas as idades, que vibrou intensamente com este espectáculo.
O Fernando e a Sónia, especialmente, sabem puxar pelo público e cativá-lo com a sua presença em palco. Tornam-se grandes...
Momento cómico da noite: o Paulo a apelar "Quero ver esses telemóveis a piscar", em vez do clássico "quero ver esses isqueiros no ar".
Momento alto da noite: a assistência a cantar a plenos pulmões, alto e bom som, a "Gaivota", estimulados pela Sónia Tavares.

Hoje a "Gaivota" não pára de voar na minha cabeça...

terça-feira, 4 de agosto de 2009

segunda-feira, 27 de julho de 2009

quarta-feira, 22 de julho de 2009

A tempestade chegou...

Imagem retirada daqui

As árvores dançam polcas desenfreadas, sem descanso,
As folhas são arrancadas como se tratando de papiros de livros malditos,
O vento ruge agredindo a maralha incauta,
O mar viola as margens e os corpos rochosos inertes...
A tempestade chegou...

sábado, 18 de julho de 2009

Regresso ao séc. XIX

Estas 2 noticias fazem-me questionar se estaremos no século XXI, ou se de repente, sem ninguém dar por nada recuámos para o séc. XIX...

Jardim quer rever Constituição e proibir comunismo como se o comunismo, ou o fascismo, fossem as únicas e exclusivas ideologias autoritárias e totalitárias. Não estaremos nós a viver num fascismo encapotado, onde todos os nossos passos são seguidos e onde há leis a regular todos os aspectos da nossa vida? Tomara a PIDE ter tido toda esta tecnologia ao seu dispor...

O que nos leva à outra noticia: Ministério da Saúde proibe gays de darem sangue, sob a desculpa de que constituem um grupo de risco, como se a promiscuidade e saltitar de cama em cama fosse um exclusivo dos homossexuais.O último relatório da Coordenação Nacional para a Infecção por VIH/sida, relativo a 2008, diz que, dos casos notificados - um total de 1201 -, a categoria de transmissão "heterossexual" representou mais de metade (57,6%), enquanto a transmissão associada à toxicodependência representou 21,9% e os casos de homo ou bissexuais apenas 16,8%.

Definitivamente, a silly season está oficialmente aberta, e enquanto houver papões, comunistas ou homossexuais, está tudo bem...



segunda-feira, 13 de julho de 2009

Loucas são as noites que passo sem dormir...

Um silêncio denso, quase palpável, não me deixa adormecer;
Percorro as ruas nuas e desertas da cidade, autênticas montras de trapos humanos.
Entro na discoteca da moda. Os megawatts debitados através das colunas, sucedem-se...
Os corpos suados roçam-se uns dos outros, libertando a líbido adormecida.

Cruzam-se olhares e seduções, a dança dos corpos em breve começa,
Cansando-se até de madrugada, separando-se anonimamente...
Chego a casa, a agulha penetra-me nas veias,
Abandono-me ao torpor...

sábado, 4 de julho de 2009

Touch Myself


As mãos dirigem-se logo ao seu objectivo: o cálice mágico de Eva...os dedos tocam os pêlos púbicos, enrolando-se e perdendo-se neles, transmitindo uma suave sensação de prazer.
Tocam em seguida no clitóris, um toque primeiro devagar depois a um ritmo mais acelerado...Pensamentos cada vez mais intensos e vertiginosos sucedem-se, fantasias e imagens libinosas tomam controlo; o ritmo respiratório acelera, os pequenos lábios avolumam-se, e começo a sentir-me molhada.
O ritmo é cada vez mais rápido até que convulsões tomam conta do canal íntimo; não consigo conter um gemido; o ritmo cardíaco bate fortemente; fazo prostrada, esperando que a calma regresse ao meu corpo...

domingo, 28 de junho de 2009

Fazes-me falta...

Faz-me falta o calor do teu corpo, na cama agora vazia e fria
Faz-me falta os teus olhos escuros olharem para mim, e eu tentar descobrir o que eles escondem,
Faz-me falta o teu toque suave na minha pele,
Faz-me falta a tua voz grave...

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Stravinsky

Quando hoje acedi ao Google, esta imagem dava as boas vindas. Trata-se do aniversário do nascimento de Igor Stravinsky. Nasceu hoje há 127 anos atrás...

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Ainda as Europeias...

Esta coisa PS versus PSD, é o que faz termos um país bicéfalo, onde se apenas se discutem 2 partidos...Quase faz lembrar o inicio do campeonato, onde apenas se discute se o campeão será o FCP ou o Benfica, esquecendo-se de todos os outros...

Já agora, será que alguém consegue explicar o porquê de tanto alarido à volta dos votos do BE e CDU, e o medo da subida da "extrema-esquerda"? Em 1º lugar, que extrema-esquerda? Em 2º lugar, parece que foram buscar ao baú o discurso de que os comunistas são maus: parece que comem criancinhas ao pequeno almoço, em vez de papa Mayzena...

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Europeias

PSD........31,68%
PS...........26,58%
BE...........10,73%
CDU........10,66%
CDS............8,37%

Confesso que acreditei nas sondagens e pensei que o PS ganhasse, e assim fossemos um dos poucos países que não mostrasse o cartão vermelho a um governo socialista. Pensei "Raios partam, merecemos mesmo o governo que temos"...
Enganei-me!! Ainda bem!! O povo, mais uma vez disse da sua justiça, e demonstrou que não anda a dormir, e que não se deixa enganar pela política rasteira praticada por alguns.
Esperemos que em Outubro o nosso honorável Timoneiro deixe de estar ao leme...

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Foi há 20 anos...

Imagem retirada daqui

Aconteceu há 20 anos...Ainda me lembro de ver esta imagem e ficar impressionada com a coragem deste homem contra as bestas de aço. E ficar impressionada pela sua persistência e pelo facto de ser um só homem, completamente sozinho, a enfrentar um símbolo de um regime...

terça-feira, 26 de maio de 2009

Weekend in Porto

Este fim de semana é de grande actividade no Porto...
Vamos ter mais uma Festa de Serralves, 40H Non-Stop, com uma programação interrupta que cobre o fim de semana (ver programa aqui), e a 79ª Feira do Livro, que este ano irá realizar-se nos Aliados.
Finalmente aquele deserto de betão irá servir para algo de útil...

domingo, 17 de maio de 2009

Orgasmos


Lista de vários tipos de orgasmo:
O matemático: Mais, mais, mais, mais... 
O religioso: Ai! Meu Deus! Ai! Meu Deus!... 
O ateu: Oh! Que diabo!
O suicida: Ai que eu morro, ai que eu morro... 
O homicida:  Se parares agora, eu maaatooo-teeeeeeeeee!!! 
O exigente:  Agora! Agora! Agora! 
O enfadado:  Hum!
O guloso:  Que delícia, que delícia... 
O bondoso:  Oh! É bom! É bom! 
O masoquista:  Bate-me, bate-me! 
O sádico:  Toma, toma, toma! 
O negativo:  Oh! Não... Não... Nãoooooo!... 
O positivo:  Oh! Sim... Sim... Simmmm!... 
O egocêntrico:  Estou-me a vir! Estou-me a vir! 
O asmático:  Uhh... Uhhh... Uhhh... 
O geógrafo:  Aqui, aqui, aqui, aqui... 
O sôfrego:  Outro, outro. Mais! Mais! 
O inseguro:  É meu? É meu?
O possessivo:  É meu! É meu! 
O acidental:  Ups! 
O paternal:  Oh! Sim, bebé! 
O desinformado:  O que é isto? ....o que é isto? 
O cozinheiro:  Mexe... Mexe... Mexe... 
O analista de sistemas:  OK! 
O rápido:  Já está! 
 O asneirento:  F#&#=ee!
E agora? Qual o vosso?

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Quimica

Como sou um pouco introvertida, uma das situações na minha vida social que me causa alguma inibição é conhecer novas pessoas. Para já, e apesar de me adaptar a todos os feitios e manias, háaqueles pequenos pormenores que fazem toda a diferença, depois há a pressão de querer causar boa impressão, depois instalam-se aqueles silêncios incómodos em que se fica sem saber o que dizer, e depois chega-se à conclusão de que aquela pessoa pouco ou nada nos interessa.
É um achado quando acontece o inverso do que estaríamos à espera...quando existe uma boa quimica, e a conversa flui sem qualquer tipo de esforço, falando sobre tudo e sobre nada, e quando algum silêncio se instala é um silêncio natural, sem ser incómodo...Há noites que se revelam autênticas surpresas...

domingo, 3 de maio de 2009

quarta-feira, 29 de abril de 2009

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Lonesome Cowboy


Hoje fui ao cinema...literalmente sozinha, pois além de ir sem companhia, a sessão a que eu prefiro ir (por volta das 18h00) raramente tem assistentes. Hoje estavam dois.
O que é curioso é que quando eu digo que vou ao cinema sozinha, toda a gente (ou quase toda) fica a olhar para mim como se eu fosse um extra-terrestre. Acham muito fora do normal alguém fazer algo sozinha, e ainda por cima por opção própria.

Toda a gente conhece aquelas frases engraçadas como "Conhece-te a ti próprio", ou "Se eu não gostar de mim, quem gostará", mas raras são as pessoas que usufruem e tiram prazer da sua própria companhia.

E eu não entendo em como há pessoas que só se sentem bem rodeadas de outras pessoas.

terça-feira, 14 de abril de 2009

Tardes de Chuva

Chá na Casa de Ló

A chuva e o frio resolveram tornar a dar o ar da sua graça...O tempo ideal para se descobrir novos chás e novos sons.

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Páscoa


Mais uma Páscoa se aproxima...e com esta época lá vêm as amêndoas e mais calorias, a exibição de Ben-Hur pela milionésima vez, a exibição em todos os telejornais das auto flagelações nas Filipinas...

Tirando estas imagens mais mediáticas, temos ainda a transmissão da Via-Sacra...acho que independentemente do Deus de cada um, esta é uma ocasião de recolhimento e introspecção, e acho que poucos ficam indiferentes à capacidade de sofrimento que um Homem teve e à Sua morte tão dolorosa.

Boa Páscoa para todos...

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Porque será...

...que há pessoas que só nos consideram simpáticos ou porreiros quando começamos a dar informações sobre a nossa vida pessoal (e quantas mais, melhor), ou a ter conversas de cacha, daquelas conservas de deitar fora, e cujo conteúdo não interessam a ninguém?

domingo, 29 de março de 2009

Alma Perdida

A sua alma vagava sobre os penedos, rugindo atormentada, para todo o sempre AMALDIÇOADA...
Olhava com arrependimento para a sua vida passada,
Vida essa onde a luxuria imperava e o AMOR era negado,
Uma vida onde o som das FLAUTAS soavam toda a noite, acompanhadas de ODES a Baco.
Desejaria de ter tido a CORAGEM de ter vivido uma vida de SIMPLICIDADE,
Mas as luzes luxuriantes e manipuladores da noite eram como VITUALHAS para a sua alma.
Desejaria de ter PARTILHADO o seu leito com alguém de VERDADE,
E TECER esperanças e um amor puro,
Mas a sua alma era como um BENJAMIM mimado sempre sendente de caprichos,
Era como um BEIJA-FLOR bebendo do néctar de diferentes flores.
Só lhe restava agora olhar para este passado com amargura
E passar o resto da eternidade mergulhada num sombrio agrilhoamento.


Texto publicado no Eremitério no 12º Jogo das Palavras

domingo, 22 de março de 2009

Pena

Ontem foi dia de passeata. Destino: aldeia da Pena. Para quem não conhece trata-se duma aldeia com apenas 8 habitantes, perto de S.Pedro do Sul, encravada num vale. Uma aldeia onde se respira paz e tranquilidade. Recomenda-se o único restaurante na aldeia, que também vende algum artesanato, e tem pagamento por multibanco. Também se recomenda as vistas fabulosas da serra em volta.



domingo, 15 de março de 2009

Vento

A primeira vez que ouvi este "Wild is the Wind" de Nina Simone, fiquei apaixonada pelo seu som. Tem uma força e um toque de desespero sublime. Foi o primeiro passo para descobrir esta grande senhora.
Palavra Vento no Palavra Puxa Palavra

domingo, 8 de março de 2009

Calçada de Carriche

Dedicado a todas as mulheres:
Luísa sobe,
sobe a calçada,
sobe e não pode
que vai cansada.
Sobe, Luísa,
Luísa, sobe,
sobe que sobe
sobe a calçada.

Saiu de casa
de madrugada;
regressa a casa
é já noite fechada.
Na mão grosseira,
de pele queimada,
leva a lancheira
desengonçada.
Anda, Luísa,
Luísa, sobe,
sobe que sobe,
sobe a calçada.

Luísa é nova,
desenxovalhada,
tem perna gorda,
bem torneada.
Ferve-lhe o sangue
de afogueada;
saltam-lhe os peitos
na caminhada.
Anda, Luísa.
Luísa, sobe,
sobe que sobe,
sobe a calçada.

Passam magalas,
rapaziada,
palpam-lhe as coxas
não dá por nada.
Anda, Luísa,
Luísa, sobe,
sobe que sobe,
sobe a calçada.

Chegou a casa
não disse nada.
Pegou na filha,
deu-lhe a mamada;
bebeu a sopa
numa golada;
lavou a loiça,
varreu a escada;
deu jeito à casa
desarranjada;
coseu a roupa
já remendada;
despiu-se à pressa,
desinteressada;
caiu na cama
de uma assentada;
chegou o homem,
viu-a deitada;
serviu-se dela,
não deu por nada.
Anda, Luísa.
Luísa, sobe,
sobe que sobe,
sobe a calçada.
Na manhã débil,
sem alvorada,
salta da cama,
desembestada;
puxa da filha,
dá-lhe a mamada;
veste-se à pressa,
desengonçada;
anda, ciranda,
desaustinada;
range o soalho
a cada passada,
salta para a rua,
corre açodada,
galga o passeio,
desce o passeio,
desce a calçada,
chega à oficina
à hora marcada,
puxa que puxa,
larga que larga,
puxa que puxa,
larga que larga,
puxa que puxa,
larga que larga,
puxa que puxa,
larga que larga;
toca a sineta
na hora aprazada,
corre à cantina,
volta à toada,
puxa que puxa,
larga que larga,
puxa que puxa,
larga que larga,
puxa que puxa,
larga que larga.
Regressa a casa
é já noite fechada.
Luísa arqueja
pela calçada.
Anda, Luísa,
Luísa, sobe,
sobe que sobe,
sobe a calçada,
sobe que sobe,
sobe a calçada,
sobe que sobe,
sobe a calçada.
Anda, Luísa,
Luísa, sobe,
sobe que sobe,
sobe a calçada.

António Gedeão, Poesias Completas (1956-1967)

quinta-feira, 5 de março de 2009

Luto


Quando uma relação de repente acaba, passamos por uma fase que alguns denominam de luto. Parece que o mundo desabou e andamos ao caídos, sem qualquer propósito e feitos zombies. As noites parecem mais longas, especialmente quando o sono teima em chegar, a cama mais fria, a saudade rói por dentro deixando-nos acorrentados a uma doce lembrança, deixando-nos de olhos vazios e de coração sofrido...

Mas teimamos em continuar a viver, ou a sobreviver, e muitas vezes para mitigar a dor, saltitamos de cama em cama, entregando-nos a corpos e suores estranhos: "Tantos quartos de hotel, amar e partir". E chega uma certa altura que acabamos por ter pena de nós próprios, um dos piores sentimentos que podemos nutrir...

E chega um dia que o luto acaba...olhamos para trás, para este tempo de trevas e pensamos: tanto tempo que desperdicei...

segunda-feira, 2 de março de 2009

Sítio Pirata

Foi com grande prazer, que um dia, o meu amigo Tone, me anunciou que iria começar a escrever no Eremitério e que iria criar um blogue. E vai daí nasceu o Sítio Pirata, um sítio de escrita sensível, atenta e inteligente...a cara do seu criador, portanto.

E tem piada que depois de tantos anos a trabalhar juntos, só agora descobrimos que nos une um sentido de humor muito british e uma grande cumplicidade, aquele tipo de cumplicidade que não é preciso dizer nada, bastando olhar um para o outro e descobrir o que o outro está a pensar.

Felicidades para a tua escrita Tone, e que o teu blogue continue com a excelente qualidade a que já me habituaste.


sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

A Dúvida

Deteve-se no cimo da falésia e ali ficou de face voltada para o vento...Sentia-se como um pequeno navio, a oscilar perigosamente nas ondas da tormenta, perdida na vasteza do oceano. Sentia-se invadida de incertezas e dúvidas, a sua vida sacudida de um modo inesperado...já não se sentia soberana do seu ser, sentia-se enclausurada numa situação para a qual não antevia solução.
Olhou para baixo, para o mar revolto que se desfazia contra a falésia...Ocorreu-lhe dar um salto de tigre e assim poder finalmente descansar, embalada nos braços de Morfeu...Todas as incertezas e dúvidas desapareceriam então...
Olhou mais uma vez para baixo...a sua alma agitava-se dentro do peito, e as batidas do coração ressoavam-lhe nos ouvidos...
Respirou fundo...
E deu um passo...para trás....
Afastou-se da falésia. Amanhã é outro dia.

Texto publicado no Eremitério, no Jogo das 12 Palavras.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Que Democracia?


Ministério Público proíbe sátira ao Magalhães no Carnaval de Torres Vedras
Este ano, em Abril, comemora-se 35 anos da Revolução dos Cravos...Bela maneira de comemorar a Revolução. E é isto a Democracia??
Ao menos, numa ditadura, toda a gente sabe que está a ser vigiada, tem de se ter cuidado com aquilo que se diz e a liberdade de expressão é quase inexistente.

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Vivências

Encontrei-me com uma amiga 3ªF passada no Mar Shopping. O local escolhido para jantar foi o Bodegão. Apesar de estar situado dentro dum shopping, a comida tem boa qualidade e vem bem servida. De salientar a decoração do sítio, com se comprova pelas fotos aqui publicadas. Não conseguimos deixar de pensar na quantidade de vidas expostas naquelas paredes, na quantidade de vivèncias e experiências, e qual o momento que deu origem àquela foto.






E voltando às vivências mais actuais, a nossa conversa girou à volta dos assuntos habituais: blogues, sítios porreiros onde ir, cinema e relações...Sempre que a nossa conversa converge para este assunto, relações, ou melhor dizendo, gajos, sorrio sempre...É que parece uma daquelas cenas retiradas da série "O Sexo na Cidade", onde as descrições sexuais povoam a conversa. Uma parece a Samantha, outra a Carrie.

E apesar de eu achar que isto das amizades é muito relativo, ou seja, ao longo da vida vamos ganhando amigos e perdendo outros, não porque houve uma zanga, mas porque a vida é mesmo assim...As pessoas ganham outros interesses ou vão para longe, e as pessoas vão-se afastando...Já sei que vão dizer que então não existia uma verdadeira amizade, mas quem não aparece, esquece...E estava eu a dizer que apesar de achar que a amizade é relativa, é de acarinhar as pessoas que existem à nossa volta, quando realmente elas estão à nossa volta...sem cobranças, sem pressões.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Ilhéus

Segundo o jornal Sol de hoje, de acordo com o novo Estatuto dos Açores, «a bandeira da Região é hasteada nas instalações dependentes dos órgãos de soberania e nos órgãos de governo próprio na Região ou de entidades por eles tuteladas, bem como nas autarquias locais», o que tem originado controvérsia entre os militares, uma vez que Portugal é um estado unitário, sendo as Forças Armadas representantes dessa unidade e da soberania nacional.


Desde há muitos anos a esta parte, tanto nos Açores como na Madeira, de tempos a tempos elevam-se as vozes a pedir uma diferenciação face às regras do Continente ou mesmo a independência.
Bem que podiam fazer-lhes a vontade. Afinal os arquipélagos não são mais do que um sorvedouro de dinheiro...Aposto que no dia em que lhes fizessem a vontade, os ilhéus apressar-se-iam a voltar com estes tiques independentistas atrás...É que a maminha do continente sabe muito bem.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Leni


De 05Fev a 01Mar está patente no CCB o ciclo "O Nazismo e a Cultura: Cofrontações". Integrado neste ciclo está a exibição de 2 filmes sobre Leni Riefenstahl: um documentário (dia 13) e o filme "O Triunfo da Vontade" (dia 14).
E apesar de muitos a considerarem a realizadora maldita, esta mulher foi uma pioneira e responsável por muita da estética usada hoje em dia no cinema, especialmente em relação a ângulos de câmara, enquadramentos, movimentos de massas e nus...

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Milk

Fui ver este filme ao cinema. Sean Penn está no seu melhor, tem uma interpretação magistral. Aposto nele para vencedor do Óscar para melhor actor.
Quanto à história, só é pena que 30 anos depois da luta de Harvey Milk pelos direitos dos homossexuais, tão pouco se tenha mudado, e ainda se assista a comentários tão ridículos como os proferidos nesta altura...

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Toque

As tuas mãos seguem à deriva pela minha pele,
Seguem num salsifré singular e descoordenado, fazendo estremecer os meus poros...
A minha mente descobre um novo mundo, voa livre,
Os pensamentos seguem confusos e seguem um rumo escaganifobético.

Apresentaste-me o prazer supremo,
Apresentaste-me o sabor autêntico da paixão,
Com o teu toque fazes renascer a cada momento a cascata límpida que jorra de mim,
Reacendes o fogo que me consome, qual fábula da fénix
Fazes-me querer repetir uma e outra e outra vez...

Texto publicado no 10ºJogo das 12 Palavras, no Eremitério

domingo, 25 de janeiro de 2009

Surpresa

Há pessoas que nos conseguem surpreender e o David Fonseca é uma delas. Desde que os Silence Four acabaram e ele engrenou numa carreira a solo, e apesar de ouvir as músicas dele na rádio, é daqueles cantores que pouco me diz...acho as musicas dele demasiado pop, demasiado blockbuster.

No entanto, e desde que vi a actuação do David no festival do Sudoeste, transmitida pela SIC Radical, fiquei surpreendida pela capacidade dele de captar o público, e 5ªF tive a oportunidade de o constatar ao vivo e a cores. Aconteceu no Coliseu do Porto, e foi um concerto à borlix, com o patrocínio duma rede de telecomunicações.
Cantei muito e fiquei de boca aberta com este meu conterrâneo...
Surpreendeu-me verdadeiramente...

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

EUA, 44º Presidente

E o Messias desceu à Terra...Vamos a ver se ele cumpre o seu papel de salvador do mundo...
As expectativas são bastantes elevadas, e os problemas do Médio Oriente e a crise económica não se resolvem só com retórica e discursos bonitos. Os olhos do mundo vão estar postos nele, prontos para o criticar muito mais fortemente do que a qualquer outro.
Let's see if he can handle the job...

sábado, 17 de janeiro de 2009

Principes Encantados

Rapunzel estava no alto da sua torre, à espera do principe encantado, até que um belo dia pensou: "Porque carga de água estou aqui à espera de alguém que não chega, e a desperdiçar o meu tempo? O mundo está à minha espera..."
Saltou para o carro desportivo que se encontrava por detrás do castelo, e foi buscar a Branca de Neve e a Bela Adormecida, ambas à espera do beijo redentor...Rapunzel tentou incutir-lhes algum juízo naquelas cabecitas, chamando a atenção para o facto de que nestas coisas dos contos de fadas, as princesas estão sempre à espera de alguém que as salve, alguém que demora séculos a chegar. Mas que elas não precisavam de ninguém para as salvar...Eram mulheres independentes e chegava a altura de se fazerem à vida!
As outras duas concordaram e lá foram elas em direcção ao por do sol...
Alguns meses mais tarde, vamos encontrar Rapunzel à frente duma cadeia de cabeleireiros, Branca de Neve à frente duma cadeia de catering, e Bela Adormecida dona duma fábrica de têxteis. As 3 amigas estavam numa bela esplanada a beber margueritas e a gozarem a vida, rodeados de belos latinos, prontos a satisfazerem os seus mais pequenos caprichos.
Riram-se...Afinal que precisa de principes encantados??

sábado, 10 de janeiro de 2009

Num cinema perto de si...

No outro dia fui ver este filme, e valeu mesmo a pena...O filme é lindo, fazendo lembrar os épicos de antigamente. Tem todos os ingredientes duma boa história - amor, guerra, acção -; tem paisagens lindíssimas, que nos faz ter vontade de viajar até aos antípodas; tem close-ups fantásticos; tem um gajo lindo de morrer (Hugh Jackman); tem uma mulher lindissima e elegantérrima (Nicole Kindman). E fala dum povo esquecido e ignorado, a quem lhes foi roubada a terra e a identidade: os aborígenes.
Como vêm, vale bem a pena ver este filme...

E falando em filmes, gostei especialmente do filme exibido 2ªfeira na SIC. Tratou-se da entrevista ao "nosso querido" 1ºMinistro, mas bem que se podia chamar "O País Imaginário"...Não podia deixar de falar deste asunto, pois cada vez mais fico abismada com a habilidade do "nosso" 1º. O homem tem mesmo jeito para vender banha da cobra...no meio das perguntas pertinentes e insistentes de Ricardo Costa, ele arranjava sempre maneira de fazer publicidade à sua obra, pintando um país que ainda estou por descobrir que país é...Mas os tugas nada têm a recear da crise: o nosso Grande Timoneiro com a sua habilidade de Pinóquio, com certeza que nos levará a um bom rumo...

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Dia 31

Pois é, não passei a Passagem de Ano em NY, mas passei aqui: Hotel Convento S. Paulo, na Serra d'Ossa, perto do Redondo. Foi tudo combinado à última da hora, em pleno dia 30, depois de beber uma garrafa de Borba, mas foi um espectáculo! Vejam:

Interior e Exterior da Igreja:

Interior do Hotel Convento
Pátio
Salão
(há ainda um outro salão, igualmente com lareira, à qual se junta uma mesa de bilhar e um enorme ecrã LCD)
Uma das piscinas (a outra não consegui descobrir)
Eis o Convento

Vista dos jardins
Fonte

Recomenda-se para comer o Restaurante "Chana" na Aldeia d'Ossa. Atendimento muito atencioso, paparoca bem elaborada e em boas doses, e preço na ordem dos 23€ por pessoa (engloba entradas, prato principal, vinho, sobremesa, café e digestivo).
O Restaurante "O Eremita", situado no Hotel, deixou um pouco a desejar em termos de paladar. Para um Hotel de 4 estrelas, esperava-se um pouco mais, mas o pequeno almoço compensou esta falha.

My paradise