segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Vivências

Encontrei-me com uma amiga 3ªF passada no Mar Shopping. O local escolhido para jantar foi o Bodegão. Apesar de estar situado dentro dum shopping, a comida tem boa qualidade e vem bem servida. De salientar a decoração do sítio, com se comprova pelas fotos aqui publicadas. Não conseguimos deixar de pensar na quantidade de vidas expostas naquelas paredes, na quantidade de vivèncias e experiências, e qual o momento que deu origem àquela foto.






E voltando às vivências mais actuais, a nossa conversa girou à volta dos assuntos habituais: blogues, sítios porreiros onde ir, cinema e relações...Sempre que a nossa conversa converge para este assunto, relações, ou melhor dizendo, gajos, sorrio sempre...É que parece uma daquelas cenas retiradas da série "O Sexo na Cidade", onde as descrições sexuais povoam a conversa. Uma parece a Samantha, outra a Carrie.

E apesar de eu achar que isto das amizades é muito relativo, ou seja, ao longo da vida vamos ganhando amigos e perdendo outros, não porque houve uma zanga, mas porque a vida é mesmo assim...As pessoas ganham outros interesses ou vão para longe, e as pessoas vão-se afastando...Já sei que vão dizer que então não existia uma verdadeira amizade, mas quem não aparece, esquece...E estava eu a dizer que apesar de achar que a amizade é relativa, é de acarinhar as pessoas que existem à nossa volta, quando realmente elas estão à nossa volta...sem cobranças, sem pressões.

4 comentários:

  1. Olha, a decoração é castiça sim senhor e abre portas a um mundo de interrogações.
    Quanto às amizades, tudo é relativo ...

    ResponderEliminar
  2. Que local mais aprazível! E se a música ambiente é esta, não tarda que apareça por lá...
    Quanto às amizades, eu cá acho que têm de ser "adubadas e regadas" como as plantas, para que floresçam...

    ResponderEliminar
  3. "...sem cobranças, sem pressões."
    Ser amigo é um pouco mais que isto mas entendo-te perfeitamente.
    A ausência dos nossos queridos só se ultrapassa querendo outros e deixando que alguém nos queira, no entanto a saudade não desaparece e os reencontros são sempre surpresas inesquecíveis.
    Beijo,
    Tone

    ResponderEliminar
  4. Nem sequer conheço o Shopping, mas para quem nunca entrou na maioria deles, só quase por obrigação ...
    Mas amigos não se perdem.
    Só os conhecidos é que vão e vêm ... como as ondas e batem-nos com força, ou mais devagar.
    São conhecidos.
    Os amigos deixam-nos algo.
    Um fio, mesmo que fino e curto, mas uma ténue ligação.
    São desses que necessitamos ... e que também se lembram de nós, em momentos piores.
    Isto é o que penso.
    E as conversas, versam o que ... ia dizer uma verdade, mas fico-me pela metade.
    Pela necessidade... de conversar!

    ResponderEliminar

The summer is gone III