quinta-feira, 16 de junho de 2016

4


Todas as frases começadas pela letra "a"


Apenas queria sentir o frio suave da arma contra a minha cabeça, e depois...Disparar!

Às vezes penso que apenas continuo viva só para te contentar.

Agarrada a um mero fino fio que há muito se quebrou,

Anestesiada pelo cheiro pútrido dos arrabaldes, pobres e miseráveis e sempre iguais a si mesmos.

A vidinha tão rotineiramente vivida,

Apegada a dias tão triviais, tão cheios de rotinas, horários e pormenores.

A vida toda, toda, contida numa simples maleta de mão…

Ali jaz toda a minha existência, todo o meu eu, numa mera mala de mão.

As horas...E as horas?

As horas que tenho de enfrentar...o amanhã e o dia depois de amanhã, e o dia depois...

A sucederem-se interminável e imutavelmente,

Aguentando esta farsa disfarçada de vida.

Ali ao canto a morte olha de volta para mim, tão pacifica, com os seus olhos abertos e respiração impercetível,

Abandono-me ao seu mortal beijo, e desta vez entrego-me a ela,

A ela, só a ela,

Abandonando-te a ti...

Sem comentários:

Enviar um comentário

My paradise