quarta-feira, 20 de junho de 2007

(In)Segurança

Estamos sempre preocupados com a segurança: airbags, portas blindadas, fechos de segurança, detector de intrusos, detector de fumos, alarmes, pins, passwords. Antivirus, firewall, antispam, spyware. Seguros de vida, PPR's, seguros de saúde.
Tudo na tentativa de proteger os nossos e a nós próprios. Mas muitas vezes o inimigo, a insegurança, habita dentro de nós mesmos.

14 comentários:

  1. E nesse caso não há "Seguro" que lhe resista;)

    ResponderEliminar
  2. "Mas afinal, qual detector?". Seria giro termos um detector para as pessoas que fossem inseguras... acho que estava sempre a apitar (cada um à sua maneira já que haveria a possibilidade de definir o toque para o tipo de insegurança).

    ResponderEliminar
  3. Meu... UM post pequeno, mas que diz muito... Puseste-me a pensar! E espero que este post o faça a mais gente

    Porta-te.
    Fica bem!

    ResponderEliminar
  4. Que sábias palavras!!!!

    ResponderEliminar
  5. É... tentamos nos proteger de tudo e de todos não sabendo nos proteger de nós próprios.

    ResponderEliminar
  6. É bem verdade Mac. Nem nos apercebemos do quanto somos inimigos de nós mesmos.

    Bom fim de semana*

    ResponderEliminar
  7. Pois. E para essa insegurança ainda não se inventou protecção. **

    ResponderEliminar
  8. muitas vezes o inimigo somos nos?
    se fosse muitas vezes a humanidade tinha esperança de equilibrio.
    na minha opiniao, somos sempre o nosso inimigo.tudo parte de nos.de quando abrimos a boca.
    leonoreta

    ResponderEliminar
  9. Até onde irá a incensatez dos homens? O desrespeito atingiu olímax do cinismo. Não quero acreditar que a humanidade não tenha dado certo porque há muita gente ainda de juizo nesse planeta,rs. A insegurança se instala porque também somos pioneiros da nossa própria inércia.
    Um beijo inseguro, rs. Tenho medo, muito medo também dos que enganam, dos que camuflam a verdade.
    Vai lá no meu blog um dia. Esperarei!

    ResponderEliminar
  10. Ai que mancada... "insensatez" e não o que escrevi no comentário.
    Bjus

    ResponderEliminar
  11. Vim retribuir a visita mas confesso que só li este texto com o qual concordo em absoluto.
    Com tempo vou tentar aprofundar:)))para poder falar com mais...segurança:)

    ResponderEliminar
  12. É verdade... Tudo que existe que possa transmitir algum tipo de segurança, é exterior, e se não temos isso, sentimo-nos perdidos... Quando percebemos que a segurança só É, dentro de nós... Tudo se altera na nossa vida!
    Gostei!
    Bjs coloridos

    ResponderEliminar

This used to be my playground