terça-feira, 30 de setembro de 2008

Obras à pressa

É interessante observar-se a ânsia de mostrar obra, agora que se aproximam as eleições autárquicas. Falo de Matosinhos, mas poderia ser outro qualquer concelho do país. Vejamos então: a 14 de Setembro foi inaugurada uma piscina municipal numa das freguesias de Matasinhos, com a presença do Ministro da Presidência; em 23 de Setembro foram distribuídos computadores Magalhães numa escola concelho,com a presença, nada mais, nada menos, de Sócrates. Os buracos que grassam na estrada são tapados; avenidas principais levam nova camada de alcatrão; ultimam-se obras à pressa, com a pressa de mostrar tarbalho; as passadeiras são pintadas...Até o programa cultural é mais vasto...Valha-nos ao menos isso...

4 comentários:

  1. Há que mostrar serviço ... há que mostrar serviço ... ainda por cima quando Narciso Miranda cisma que tem de ser candidato!

    ResponderEliminar
  2. Eu acho é que devia haver autárquicas todos os anos... Aí ia-se ver o país a andar para a frente!

    ResponderEliminar
  3. Sempre que aqui venho, encrava o computador.
    Só me sucede isto aqui e noutro blog.
    Será de mim?

    Era só para deixar um pequeno reparo.
    As ruas e avenidas, de todo o lado, menos no Porto, pelo menos no meu tempo), são pavimentadas ... passados uns tempos, as tampas das caixas de saneamento, deixam de ficar niveladas.
    Isto chama-se VIGARICE, porque existe uma Norma portuguesa que as obriga a cumprir determinados parâmetros.
    Só quem dá cabo dos carros é que sabe o que custa.
    Na Rua Duque de Loulé, no Porto, perto do semáforo ccom a Av. Rodrigues de Freitas, dei cabo da centralina do carro e duma panela, do depósito de combustível e dum filtro do mesmo.
    São ou foram 1870 euros.
    Por acaso a m7mulher chamou a polícia.
    Agora espero ser ressarcido, pode demorar, mas vou receber.
    Muitos não sabem como proceder.
    Agora que toda a obra é entregue a empreiteiros, chamam-se as autoridades e depois envia-se a conta para os SMAS-Porto, se dentro da cidade.

    É um cancro por todo o lado o desnivelamento das tampas, para não falar que não são as adoptadas e exigidas ... mas isso é outra história.

    Como vamos ter eleições, tudo vai ser cor-de-rosa, nem sei se até os impressos para votar ...

    ResponderEliminar
  4. A minha amiga nunca ouviu falar naquela máxima..."não se caçam leões com fisga, nem moscas com carabina"? Pois é...e por estas bandas qualquer dia começa a distribuição de micro ondas e televisores :o) Por isso, costumo dizer que temos o que merecemos...somos "nós" (salvo seja) que os colocamos no poleiro. E porque não...um dia destes...passar na cabeça do pessoal...não votar? Ficávamos com as obras feitas, piscinas inauguradas, estradas melhoradas, programas culturais de aplaudir e...Ok, lembrei-me, só isso. Mas que não é com o meu voto que eles vão para lá, isso é verdade.

    Bom domingo;)

    ResponderEliminar

The summer is gone III