terça-feira, 6 de fevereiro de 2007

Licença Parental

Sou cada vez mais defensora da ideia de que, antes de alguém ter um filho, deveria solicitar uma licença, sendo esta renovável todos os anos.

É incrivel ver a irresponsabilidade de certos pais, pondo todos os dias em risco a vida dos seus filhos, nomeadamente quanto ao uso do cinto de segurança. A quantidade enorme de miudos que alegremente vão no banco traseiro (quando vão), sem terem o cinto posto. E os papás nem sequer pensam que a maior parte dos acidentes com miudos dá-se em distâncias curtas...

Enfim...depois os defensores do Sim é que são os assassinos...





8 comentários:

  1. É muito fácil chamar o que quer que seja quando se trata de acusar e julgar e essas coisas todas, mas muita gente se esquece de olhar para o espelho no que toca a más acções e falta de responsabilidade! É sempre mais fácil apontar o dedo ao outro!!

    Há pais/mães que não têm a mínima atenção com os filhos! Falo mesmo em pessoas que conheço muito bem... e numa situação que me faz uma tremenda confusão!! Como é que uma mãe ou um pai são capazes de fumar dentro do carro com o filho atrás?? Ou mesmo noutro local qualquer? Acho que é apenas um exemplo que confirma o teu post!!

    ResponderEliminar
  2. Tens toda a razão! E olha que essa da licença parental, não seria de todo, de desprezar. Manda uma carta ao Sócrates ;) Vais ver que ele vai começar a resposta assim: "Caríssima Amiga". Bom resto de semana!

    ResponderEliminar
  3. Olha que não deixas de ter razão. Há gente que, de facto, revela uma enorme irresponsabilidade na forma como criam as crianças. Por isso, há que defender a maternidade e paternidade conscientes. **

    ResponderEliminar
  4. Essa irresponsabilidade com que deparamos diáriamente, nem com licença de aprendizagem vai lá. Eles julgam-se os melhores do mundo...eles é que sabem... e se chamamos a atenção ainda perguntam: "porquê? algum problema?" Enfim,as multas são pesadas mas a fiscalização é pouca.

    ResponderEliminar
  5. Fiscalização há, mas a desculpa dos papás é "Foi só para ir ali". Mas segundo 1 estatística, é nos trajectos mais pequenos, como por exemplo ir de casa ao supermercado, que se costumam registar os acidentes mais graves. Os pais tendem a desleixar-se mais neste tipo de viagens: 54% dos menores (dos zero ao 14 anos) que são vítimas mortais de acidentes de viação, são passageiros.

    ResponderEliminar
  6. Acho que o cinto tem que ser usado sempre não importa a que distância que vai .Tem que ter em mente que outras vidas depende de você.


    Um abraço.

    ResponderEliminar
  7. Um SIM claro, contra os argumentos estapafúrdios erguidos pelo Não, e a favor da saúde pública, do racionalismo, da coerência e de legislação que proporcione apoio efectivo à mulher que pretende abortar.

    Grande abraço.

    ResponderEliminar

The summer is gone III